quarta-feira, 19 de agosto de 2009

FILOSOFANDO COM LUCY

Você só aprende uma coisa até que a aprenda de outras maneiras.
Estou vivendo meu momento de catarse. E talvez seja isso o que promova o encontro comigo mesma.
A fixação de meu momento "catártico" torna-se então, segundo me parece, o ponto de partida de toda a filosofia da práxis que estudo.
O processo catártico, coincide com a cadeia de sínteses que procuro elaborar e que resultam do meu desenvolvimento dialético.
TEORIA - PRÁXIS - CONHECIMENTO - AÇÃO.
Ops...será que existem intelectuais orgânicos gênero feminino????

Nenhum comentário:

Postar um comentário